Close

Tesouro Nacional

Conceitos:

O Tesouro Nacional representa o caixa do governo brasileiro, e é responsável por receber e administrar o capital do estado.
O tesouro Nacional é administrado e contabilizado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que tem como principal finalidade gerir as contas públicas de forma eficiente zelando pelo equilíbrio fiscal.
Desde 2014, não se coloca as despesas e a arrecadação do Estado em balança, já que as receitas não são suficientes para manter as despesas do estado, não há Superavit Primário.

É necessário que o país estabilize esse fato, para que não ocorra o aumento de dívidas do país, que já estão muito altas.
Nesse ponto, o Tesouro Nacional tem um papel importantíssimo, ele tem o dever de controlar, fiscalizar e gerenciar as contas públicas.
Sendo assim, investir no Tesouro Direto Nacional é uma ótima forma de investimento.

Vantagens:
O Tesouro Nacional, nada mais é que o caixa do Governo Brasileiro, e é possível investir no tesouro nacional.
Veja algumas vantagens desse tipo de investimento:

• Baixo risco
Como o investimento é garantido pelo próprio Governo Brasileiro, o risco do mesmo é muito baixo.
Já que, a única forma de você perder esse investimento, será no caso de o país falir.

• Baixo Custo
O investimento no Tesouro Nacional é de baixo custo, comparado ademais tipos de investimento existentes atualmente.
Ele possui o menor sobre taxas e você pode iniciar seu investimento com uma quantidade baixa de dinheiro, não sendo necessário levantar valores altíssimos para começar a investir.

• Liquidez
O investimento no Tesouro Nacional também possui alta liquidez comparado ademais investimentos.
O tesouro Nacional garante a compra de seus títulos em qualquer dia da semana! Então você não precisará esperar um dia certo para fazer o investimento.

Antigamente, a compra era efetuada apenas nas quartas-feiras, e você também poderá agendar seu resgate.
• Vantagem Tributária.
A vantagem tributária é outra vantagem do investimento no Tesouro Nacional, já que o imposto de renda é apenas cobrado na venda do título, ou no pagamento de cupons.

Desvantagens:
Assim como as vantagens, existem também as desvantagens de investir no Tesouro Nacional.

As principais desvantagens atuais do investimento são:

• Demora no resgate do investimento
Uma das principais desvantagens do investimento no Tesouro Nacional é a demora no resgate do investimento.
Como é necessário o apoio de uma corretora de valores na hora do investimento e devolução, é necessário um pouco de paciência.

• Taxa da B3
Qualquer tipo de investimento no tesouro Nacional será tributado pela taxa B3, que consta 0,30% do valor total.
A taxa é necessária para cobrir os valores de custódia e negociações, sendo cobrada proporcionalmente a todos os dias do ano.
• Custos da Corretora de Valores
Como para fazer o investimento no Tesouro Nacional será necessária uma corretora de valores, é importante lembrar que também haverá esse custo.
É importante sempre verificar qual a melhor corretora de valores, já que, as corretoras de bancos grandes chegam a cobrar até 0,50% de corretagem, assim como há algumas que você não pagará nada.
Espécies:
Os tipos de títulos em que podem ser feitos investimentos dentro do Tesouro Nacional são:
• Tesouro pré-fixado;
• Tesouro pré-fixado com juros semestrais;
• Tesouro IPCA;
• Tesouro IPCA com juros semanais;
• Tesouro Selic.

O tesouro pré-fixado é um tipo de investimento que possui a sua rentabilidade pré-fixada no momento da compra.
O investimento é muito simples, o investidor faz a compra do título, e receberá o valor do investimento, mais o valor da rentabilidade, na data do vencimento do título.

Esse é um tipo de investimento bacana para iniciantes, já que, no momento da compra, você já saberá o valor que será recebido no momento do vencimento do título, já que possui um valor pré-fixado.

O tesouro Pré-fixado com juros semestrais é um investimento quase igual ao de título pré-fixado.
A única diferença entre ambos é que o título com juros semanais o investidor receberá cupons de semanais de juros, o que pode acarretar no aumento da liquidez do investimento, ou até em um reinvestimento no título.
O tesouro IPCA é um tipo de investimento no Tesouro Nacional que permite ao investidor uma rentabilidade em termos reais, que protege o investimento de variações e mantêm seu poder de compra.

Ele é indicado para investidores que pretendam fazer poupança de longo prazo, como um plano de aposentadoria, por exemplo.
O tesouro IPCA com juros semestrais é um investimento idêntico ao tesouro IPCA.

A única diferença é que o investidor receberá um cupom de juros semanais, que podem possibilitar reinvestimentos, ou apenas aumentar a rentabilidade do investimento.


O tesouro Selic é um tipo de investimento onde sua remuneração é dada pela variação da Taxa Selic diária, que é registrada desde o momento da compra, até o resgate do valor.

O valor investido no tesouro Selic possui baixa volatilidade, ou seja, evita perdas em caso de venda antecipadas.

Como Investir no Tesouro Nacional?
O primeiro passo para que você possa ser um investidor do Tesouro Nacional é encontrar uma Corretora de Valores.
Será necessário abrir uma conta, para isso, é preciso inserir seus dados pessoais, além criar um login e senha.
Quando entrar na sua conta, você terá acesso à sua plataforma de investimento.

Após, você deverá escolher o melhor investimento para você e começar a investir.
É simples e prático, e o tesouro Nacional é uma ótima forma de investimento para iniciantes.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =